Fausto Borém
Fausto Borém é graduado com o Doctor of Musical Arts - University of Georgia (1993), o Master of Arts - University of Iowa (1990) e o Bacharelado em Música pela UFMG (1987), Fausto Borém é, atualmente, Prof. Associado da Escola de Música da UFMG (Contrabaixo, Música de Câmara, Práticas de Performance, Pesquisa em Música, Análise Musical), pesquisador do CNPq desde 1994, Coordenador dos Grupos de Pesquisa ECAPMUS (Estudos em Controle e Aprendizagem Motora na Performance Musical) e PPPMUS ("Pérolas" e "Pepinos" da Performance Musical).

Criou e é o Editor da Revista Per Musi, idealizou e implantou o Mestrado em Música na UFMG, organizou o 1º SNNPPM em 2000 (Seminário Nacional de Pesquisa em Performance Musical), o 4º Encontro Internacional de Contrabaixistas (1996) , o 2º Concurso Nacional de Composição para Contrabaixo (1996) e o 4º Concurso Internacional de Composição para Contrabaixo (2005). Coordenou duas vezes o Projeto Artista Visitante da UFMG com a Oficina UAKTI (1994) e a Oficina de Luteria de Contrabaixos para Crianças (2002).

Recebeu os prêmios acadêmicos University of Georgia Director´s Award (EUA, 1992), UGA Outstanding Graduate Teaching Award (EUA, 1993), 3º Lugar no 1º Concurso Nacional de Análise Musical (São Paulo, 1995). Sua obra "Uma Didática da Invenção" foi premiada com o 3º Lugar no III Concurso Nacional de Composição para Contrabaixo (UFG, 2000), publicada no livro de partituras Música Brasileira para Contrabaixo (Goiânia: UFG, 2005) e apresentada na 16ª Bienal de Música Contemporânea Brasileira (Rio de Janeiro, 2005).

Como solista, foi 1° Lugar no Concurso para Solistas do Teatro Mvnicipal de São Paulo (1997), Primeiro Lugar no Jan Fowler Cross Scholarship Competition (EUA, 1991), e 2º Lugar no Concurso Nacional de Cordas (Juiz de Fora, 1987). Tem apresentando recitais nos principais eventos nacionais e internacionais do contrabaixo nos EUA (2005 em Kalamazoo, 2001 em Indianapolis, 1999 em Iowa City, 1997 em Houston, 1995 em Bloomington, 1993 em Interlochen) e na Europa (Inglaterra em 2004, Escócia em 1998, França em 1994). Na música erudita, acompanhou músicos como Yo-Yo Ma, Midori, Menahen Pressler, Henry Mancini, Yoel Levi, Arnaldo Cohen e, na música antiga, Luis Otávio Santos. Na música popular, atuou com Tavinho Moura, Roberto Corrêa, Túlio Mourão, Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal e Grupo UAKTI. Foi Primeiro Contrabaixo da Orquestra do Teatro Mvnicipal de São Paulo e da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, tendo também participado da Clarleston Symphony (EUA), Augusta Symphony (EUA) e Savannah Symphony (EUA).

Estreou obras musicais de Ernst Mahle, Eduardo Bértola, Marisa Resende, Andersen Viana, Rogério Vasconcellos, André Dolabella entre outros. Publicou o livro "Pérolas" e "Pepinos" do Contrabaixo: Um Compêndio para Musicólogos, Analistas, Compositores, Perfórmeres e Educadores Musicais, três capítulos de livro (Metodologias de pesquisa em performance musical no Brasil; Uma Didática da Invenção-Música Brasileira para Contrabaixo; Uma perspectiva interdisciplinar da visão e do tato na afinação de instrumentos não-temperados) e dezenas de artigos em destacados periódicos nacionais e internacionais nas áreas de performance, composição, análise e musicologia histórica.